A MÃO DE DEUS – 2021

O filme italiano escolhido para disputar uma vaga na categoria de Melhor Filme Internacional do Oscar 2022, A Mão de Deus (È stata la mano di Dio no original e The Hand of God na versão em inglês) é um drama dirigido e escrito pelo cineasta italiano Paolo Sorrentino. O filme, que estreou no Festival de Cinema de Veneza desse ano, foi recentemente lançado na Netflix e conta a história Fabietto (vivido por Filippo Scotti), um jovem que, nos anos 80, leva uma vida pacata com a sua grande e divertida família na cidade de Nápoles, no sul da Itália. Ele mora com a mãe (interpretada pela excelente Teresa Saponangelo), o pai (vivido por Toni Servillo) e o irmão (interpretado por Marlon Joubert). Fabietto não tem muitos amigos, mas ama sua família e é apaixonado por futebol, principalmente com a possibilidade do seu maior ídolo, Diego Maradona, passar a jogar no seu time do coração. Fabietto também gosta de arte e aos poucos começar a desenvolver um carinho por cinema. É quando uma terrível tragédia vai abalar sua vida e toda sua família, obrigando o rapaz a se adaptar a um futuro inesperado.

A Mão de Deus é certamente um filme muito pessoal inspirado em fatos da vida de Sorrentino, que é natural da cidade de Nápoles. Quanto à história, os acontecimentos do filme são bastante comoventes e são muito bem contados. É impossível não amar aquela gigantesca família italiana bizarra. Também é muito inteligente a forma como a qual a narrativa insere temáticas políticas, principalmente com relação ao icônico gol de mão de Maradona na copa do México de 1986. Ao mesmo tempo, quando prestamos atenção ao texto e às nuances da obra, A Mão de Deus parece mais antiquado do que o necessário. Não é porque a história se passa nos anos 80 que o filme precisa inserir uma perspectiva dos anos 80 em sua narrativa. Ele trata a típica cultura machista de forma tão natural e até positiva, vista com uma doce nostalgia, que me causou desconforto do começo ao fim do filme. Por pouco, essa atmosfera não estraga a experiência da história que, no fim das contas, vale a pena mesmo assim.

Nota 6!

No momento da publicação deste artigo, A Mão de Deus está disponível para streaming na Netflix. Se você se interessou pelo filme e quer conhecer mais sobre ele, incluindo outras opiniões, abaixo você encontra o link para o Letterboxd, uma rede social de pessoas que comentam todas as obras do mundo do cinema. Além disso, já que os filmes estão sempre mudando de streaming, você pode visitar o JustWatch, uma ferramenta que mostra a disponibilidade de filmes e séries em todas as plataformas de diversos países, para conferir de forma atualizada onde assisti-los!


Veja também:


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site criado com WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: