MY FIRST SUMMER – 2020

Esse adorável filme australiano é dirigido e escrito pela cineasta também australiana Katie Found, que é seu longa-metragem de estreia. My First Summer (que até o momento não possui um título em língua portuguesa) é um drama adolescente cheio de romance que conta a história de Claudia (interpretada por uma ótima Markella Kavenagh), uma jovem de 16 anos que foi criada por sua mãe, uma escritora, isolada do resto do mundo numa casa afastada da cidade mais próxima. Com a morte de sua mãe, no entanto, Claudia se vê sozinha e sem rumo. É então que a animada e solícita Grace (vivida por uma excelente Maiah Stewardson), uma adolescente também de 16 anos que mora na mesma região, acaba chegando até a casa isolada e se torna o único contato de Claudia com o resto do mundo. As duas garotas acabam aos poucos desenvolvendo uma relação de proximidade e cumplicidade de quem só tem uma à outra, relação essa que pode ser ameaçada pelo mundo exterior.

Um filme fofo e cheio de pureza, My First Summer é gentil e doce como poucos. Talvez até peque no excesso de doçura e na construção de um universo praticamente irreal, o que talvez seja o ponto do filme, já que ele foca na vida de uma adolescente que viveu a sua vida isolada da nossa sociedade atual. A diretora Katie Found tenta criar uma vivência utópica na qual as adolescentes pudessem experimentar uma forma de amor única e livre das amarras que criamos hoje em dia, e isso acaba fazendo a história parecer pouco realista, mas ainda assim muito válida e cativante. As atuações do filme são muito boas e as jovens protagonistas convencem, embora eu diria que Maiah Stewardson roube mais a cena, mesmo a sua personagem seja pouco desenvolvida. Grace é uma jovem que vive num lar claramente abusivo e que restringe sua personalidade e suas ações, mas vemos muito pouco dela e do que ela sente, infelizmente. No que diz respeito ao aspecto técnico, fotografia e o trabalho de câmera merecem destaque, bem como o uso de músicas, com várias faixas da banda Wild Ones, que trazem um pop alternativo gostoso que embala muito bem as emoções do filme. Até a parte final, o filme é agradável, mas não nos move como poderia. A conclusão, contudo, deixa um certo impacto mais marcante e muito bem-vindo.

Nota 8!

No momento, My First Summer ainda não está disponível nas em plataformas oficiais de streaming ou de aluguel do Brasil.


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: