THE DARK AND THE WICKED – 2020

Um filme de terror sobrenatural dirigido pelo americano Bryan Bertino, The Dark and the Wicked tem sido elogiado por críticos e pelo público em geral. Ele conta a história de dois irmãos, Louise (vivida por Marin Ireland) e Michael (interpretado por Michael Abbott Jr.), que retornam à isolada casa dos pais numa região rural para acompanhar os últimos dias da doença terminal do pai. Afastados de casa há muito tempo, um sentimento de culpa consome os irmãos ao retornar para rever a família e, em a isso tudo, uma força misteriosa e sombria começa a rondá-los.

Apesar de uma interessante atmosfera, bons visuais e sólidas atuações, a história de The Dark and the Wicked não me convenceu. Esse é mais um daqueles filmes cuja ideia central revolve em torno da crença em algo maior, cujo comentário poderia ser resumido em “você não é religioso? hm, talvez você devesse ser…”, e acho esse conceito fraco, cansativo e problemático. Muito outros filmes de terror sobrenaturais conseguem ser ótimos sem apelar para essa narrativa, mas não é o caso de The Dark and the Wicked! O filme também não tem um roteiro claro e inteligente, e no fim das contas você não consegue entender os objetivos das personagens ou da força maligna que os persegue. Mesmo assim, o filme traz alguns bons sustos, mesmo que de forma repetitiva.

Nota 4!

The Dark and the Wicked, cujo ponto mais positivo talvez sejam seus ótimos posters, ainda não está disponível para streaming ou aluguel no Brasil, embora seja encontrado em sites de compartilhamento.


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: