WE’RE ALL GOING TO THE WORLD’S FAIR – 2021

Lançado no Festival de Cinema de Sundance de 2021, mas comercialmente só em 2022 no circuito dos Estados Unidos, We’re All Going to the World’s Fair (ainda sem título em português do Brasil) é uma mistura de drama e terror num contexto de narrativa coming of age. Escrito e dirigido por Jane Schoenbrun, o filme conta a história de Casey (interpretada por Anna Cobb em seu papel de estreia), como uma adolescente que, sozinha em seu quarto no sótão, fica imersa em um RPG de terror online, onde começa a documentar as mudanças que podem estar acontecendo com ela. É quando realidade e fantasia começam a se confundir e o que parecia um simples desafio de internet começa a parecer algo muito mais sinistro e imprevisível.

We’re All Going to the World’s Fair não é um filme fácil de assistir, pelo contrário, é lento, com tomadas estranhamente longas e um desenvolvimento fora do comum. Só isso já serve para afastar muitos expectadores – e também explica o motivo pelo qual o filme não tem sido um sucesso de público. Por outro lado, muitos críticos e pessoas que tiveram uma relação com a internet similar aquela que a protagonista alimenta, entendem os pontos positivos dessa obra bastante original. Casey é uma jovem solitária que tenta se conectar com outras pessoas através de seu canal, seguindo as tendências que outras pessoas também compartilham online, tentando fazer parte de um grupo. Esse sentimento é comum entre jovens e adultos que encontram na internet, em fóruns e vídeos uma forma de criar laços. E o que We’re All Going to the World’s Fair consegue fazer muito bem é analisar os limites dessas interações e o quão desconfortáveis elas conseguem ser. Não parece apenas um filme sobre aqueles que andam às margens da sociedade virtual, mas o próprio filme parece ter saído dos confins da deep web, e exatamente por isso causa tanta aflição – mas é ao mesmo tempo uma obra diferente de tudo que consegue oxigenar o gênero de filmes adolescentes.

Nota 8.

No momento da publicação deste artigo, We’re All Going to the World’s Fair ainda não está disponível nas plataformas oficiais de streaming ou de aluguel do Brasil. Se você se interessou por essa obra e quer conhecer mais sobre ela, incluindo outras opiniões, abaixo você encontra o link para o Letterboxd e para o TvTime, que são redes sociais de pessoas que comentam todas as obras do mundo do cinema e da televisão. Além disso, já que os filmes e as séries estão sempre mudando de streaming, você pode visitar o JustWatch, uma ferramenta que mostra a disponibilidade de filmes e séries em todas as plataformas de diversos países, para conferir de forma atualizada onde assisti-los! 🎥


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site criado com WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: