THE WHEEL OF TIME – 2021

A mais nova série de fantasia original da Amazon Prime Video é a primeira das grandes apostas da TV de criar a nova Game of Thrones. Uma das série mais caras da Amazon (e também uma das mais caras já produzidas até hoje) The Wheel of Time – que em português recebe o título de A Roda do Tempo – tem Rafe Judkins como showrunner e a alemã Uta Briesewitz dirige os dois primeiros episódios da temporada, que terá um total de oito. Ela é uma adaptação de uma famosa série de livros de fantasia dos anos 90 que leva o mesmo nome, escrita por Robert Jordan. A história de passa num universo medieval repleto de criaturas mitológicas e perigos reais onde o tempo é cíclico e no qual apenas as mulheres conseguem desenvolver o dom da magia sem perder a sanidade. Nesse contexto, Moiraine (vivida pela sempre eficiente Rosamund Pike), que faz parte do prestigioso e misterioso clã das bruxas Aes Sedai, leva um grupo de quatro jovens numa arriscada viagem ao redor do mundo, acreditando que um deles possa ser a reencarnação do Dragão, um indivíduo poderoso que, de acordo com uma profecia, surgirá para salvar o mundo ou para destruí-lo.

Por mais que as apostas em The Wheel of Times por parte da Amazon sejam altíssimas, a série não parece ser a nova Game of Thrones e os primeiros episódios já deixam isso bem claro. O tipo de fantasia é bastante diferente e acaba lembrando mais os universos de Senhor dos Anéis e de Dungeons and Dragons, principalmente devido ao uso de elementos míticos e da magia no geral. Além disso, o foco não está, pelo menos nos primeiro episódios, nas intrigas e na luta pelo poder bastante realista que a série da HBO nos trouxe anos atrás. Aqui, o foco está na ação e nos mistérios desse mundo cheio de segredos. Isso traz prós e contras, mas nesse primeiro momento, eu diria que os contras são mais visíveis. Nesse universo mágico, The Wheel of Time acaba parecendo mais infantil e ingênua, também porque diversos personagens principais são adolescentes. Ainda assim, os visuais são bonitos e os efeitos especiais são bem feitos. Além disso, o trio de personagens principais interpretado por Rosamund Pike, Daniel Henney e Zoë Robins faz um ótimo trabalho, por mais que o texto seja um tanto simplista. Por fim, o maior destaque da série é a representatividade: a população que habita esse universo fantástico tem todas as cores, raças e etnias, o que é algo raro em obras desse gênero, mas muitíssimo bem-vindo!

Nota 6 (com potencial de aumentar)!

No momento da publicação deste artigo, o três primeiros episódios de The Wheel of Time estão disponíveis na Amazon Prime Video e os demais serão lançados semanalmente. Se você se interessou pela série e quer conhecer mais sobre ela, incluindo outras opiniões, abaixo você encontra o link para o TvTime, uma rede social de pessoas que comentam todas as obras do mundo da TV. Além disso, você pode clicar em JustWatch, uma ferramenta que mostra a disponibilidade de filmes e séries em todas as plataformas de diversos países, para conferir de forma atualizada onde assisti-los!


Veja também:


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: