UGLY BETTY – 2006/10

Ugly Betty é uma das séries mais emblemáticas da história recente da TV norte-americana. É um dos raros exemplos onde a televisão latino-americana consegue influenciar a grade de horários da TV dos Estados Unidos e levar uma história que teve origem na Colômbia para a ABC, uma das maiores redes de TV estadunidenses. Ugly Betty foi uma série desenvolvida por Silvio Horta com base na novela colombiana Yo soy Betty, la fea, (escrita por Fernando Gaitán) que fez sucesso em diversos países latinos e inclusive teve diversas versões, como a mexicana e a brasileira, que levou o nome de Bela, a Feia. As tramas de todas essas novelas são muito parecidas: uma garota pobre e feia para os padrões sociais atuais é contratada para trabalhar numa empresa de roupas cercada de pessoas ricas que a maltratam, até que ela passa por uma transformação e aparece linda, chocando todas as pessoas que a consideravam feia. Ugly Betty, no entanto, muda bastante essa dinâmica, apesar de ter uma premissa semelhante. Na série, Betty (interpretada pela excelente America Ferrera), é uma jovem aspirante a jornalista que consegue um emprego numa revista de moda chamada Mode onde vai ser assistente do playboy e herdeiro da empresa, Daniel Meade (vivido por Eric Mabius). Lá, Betty vai ter que provar que sua competência fala mais alto que a sua falta se senso fashion e vai enfrentar diversos obstáculos para conseguir provar seu valor.

A grande sacada de Ugly Betty é ter criado uma personagem que sim, está fora dos padrões de beleza da nossa sociedade (usa aparelhos nos dentes, óculos, é acima do peso e se veste de maneira questionável) mas acima de tudo, é uma jovem latina vivendo em Nova York. Betty sofre preconceito por diversos motivos, mas o fato de ter origem hispânica é um dos aspectos mais marcantes da personagem, e uma característica da qual ela tem muito orgulho. Isso tudo, além de fazer a série uma relevância ainda maior, faz como que ela preste uma linda homenagem às origens latinas dessa histórias de tanto sucesso. Além disso, o foco da série não está propriamente na tão esperada transformação de Betty nem no romance dela com o patrão, como nas novelas latinas, muito pelo contrário. A cada episódio, a cada temporada, a protagonista se mostra mais atenta às tendências ao seu redor, mas não faz questão de se transformar numa das modelos das capas de revistas para as quais ela trabalha, e isso é fundamental para dar mais credibilidade pra narrativa, afinal, Betty não liga para aparências. Vale lembrar que Ugly Betty foi lançada apenas quatro meses depois do lançamento de O Diabo Veste Prada, que se passa no mesmo universo da moda, e inclusive faz algumas ótimas referências ao filme em seu episódio piloto.

Além de todos os motivos já citados que fazem de Ugly Betty uma série muito especial, não poderia terminar essa review sem antes citar o fabuloso elenco que dá vida a personagens tão icônicos e marcantes. America Ferrera como a protagonista Betty realmente brilha no papel e mostra que é uma das atrizes mais cativantes dessa geração. Outro grande destaque é a antagonista, a maravilhosa Vanessa Williams que dá vida à vilã Wilhelmina Slater, caricaturada, mas ao mesmo tempo humana. E não poderíamos falar do elenco sem mencionar a maravilhosa dupla dinâmica que rouba todas as cenas, Amanda e Marc, interpretados por Becki Newton e Michael Urie respectivamente, dois funcionários da revista Mode que no início ajudam a fazer da vida de Betty um inferno, mas que aos poucos criam um forte laço de amizade com ela. Esses são somente alguns nomes dessa série que, apesar dos defeitos (alguns episódios da segunda e da terceira temporada são bastante arrastados e estranhos), se tornou um marco da cultura pop dos anos 2000 e trouxe representatividade positiva para vários grupos que raramente conquistavam o horário nobre da TV dos EUA!

Nota 10!

No momento, as quatro temporadas de Ugly Betty, que tem um dos finais mais lindos das séries de TV que eu já vi, estão disponíveis para streaming na Disney+.


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: