WEREWOLVES WITHIN – 2021

Baseado no jogo de vídeo-game de 2016 que tem o mesmo nome, Werewolves Within (que mantém o mesmo nome em português) é um filme dirigido por Josh Ruben (diretor do ótimo Scare Me de 2020) e escrito pela roteirista Mishna Wolff. O filme une terror e comédia para nos contar um mistério no melhor estilo “whodunit”, onde a história convida o espectador a descobrir quem é o autor de um crime. Protagonizado pelo guarda florestal Finn Wheeler (interpretado por um excelente Sam Richardson), a trama se passa na pequena cidade de Beaverfield, para onde ele acaba de ser transferido. Lá ele vai fazer amizade com a entregadora postal Cecily Moore (vivida por uma também excelente Milana Vayntrub), que coloca o rapaz por dentro de todas as fofocas que envolvem os bizarros habitantes da região, incluindo o fato de que no momento eles estão divididos entre aqueles que são contra ou a favor da construção de um gasoduto na região. As relações entre esses vizinhos vai se tornar ainda mais tensa quando eles descobrem que algo (ou alguém) matou um dos moradores da cidade e eles começam a desconfiar que um deles pode ser um lobisomem.

Com ótimas atuações, uma direção competente e um texto dinâmico e divertido, Werewolves Within é uma grata surpresa para os fãs de histórias de unem mistério e comédia. Com um tom que lembra bastante o também cativante The Wolf of Snow Hollow de 2020, o filme continua a recente tendência de incríveis história relacionadas a lobos no cinema e tem tudo para agradar não só os fãs do jogo, mas também aqueles que nunca tiveram contato com o vídeo-game. Werewolves Within funciona muito bem como comédia, com várias referências culturais hilárias, e como mistério, que é bem construído e traz ótimas reviravoltas. Ele também usa elementos de terror em alguns momentos, por mais que seja de forma comedida. O primeiro e o último ato do filme são muito bem feitos e super envolventes, enquanto o ato intermediário é um pouco mais fraco, mas não chega a ser ruim. Além disso, a direção de elenco merece parabéns, pois todos os personagens são muito bem interpretados, principalmente os protagonistas Sam Richardson e Milana Vayntrub, que têm uma química perfeita, bem como Harvey Guillén como uma das partes de um casal gay milionário da cidade. São atuações tão boas que nos fazem perdoar a falta de desenvolvimento de alguns desses personagens. Por fim, o filme acerta na maioria dos comentários políticos que tenta fazer, o que deixa a trama ainda mais perspicaz.

Nota 8!

Werewolves Within foi lançado recentemente para aluguel nos Estados Unidos, mas ainda não chegou nas plataformas oficiais do Brasil.


Veja também:

Um comentário em “WEREWOLVES WITHIN – 2021

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: