FEAR STREET PART TWO: 1978 – 2021

Uma semana depois do lançamento de Fear Street Part One: 1994, o segundo filme da trilogia de terror já está entre nós. Lançado pela Netflix, Fear Street Part Two: 1978 (que em português leva o título de Rua do Medo 1978 – Parte 2) também é dirigido por Leigh Janiak, que escreveu o roteiro juntamente com Zak Olkewikz. Assim como os demais filmes da trilogia, ele é baseado na série de livros para adolescentes do autor norte-americano R. L. Stine. O enredo continua a narrativa exatamente de onde parou no final do primeiro filme, quando os irmãos Deena (interpretada por Kiana Madeira) e Josh (Benjamin Flores Jr.) chegam na casa de C. Berman (vivida pela sempre ótima Gillian Jacobs) na tentative de encontrar ajuda para Sam (Olivia Scott Welch). E então C. Berman decide contar toda a história de quando ela mesma foi vítima da “maldição de Shadyside” durante um acampamento no final dos anos 70. Dessa forma, o filme nos transporta para 1978 onde acompanhamos a história de Ziggy (interpretada pela excelente Sadie Sink) no acampamento que foi vítima de um massacre e que pode trazer respostas importantes para interromper a maldição e o ciclo de horror que a cidade vive há tantos anos.

Fear Street Part Two: 1978 é com certeza um avanço na franquia, com muitas melhorias com relação ao filme anterior. Ele é mais focado, mais coeso e tem uma história muito mais fácil de acompanhar, com uma visão bem definida que deixa bem claro o objetivo a ser alcançado. Isso não impede que o filme tenha suas falhas, que são diversas: há muitas cenas arrastadas num cenário de caverna que deixa a parte central do filme cansativa, as mortes são pouco criativas e há um grande problema de iluminação em diversas sequências. É realmente difícil criar de forma artificial a luz externa do pôr do sol, ou mesmo imitar em estúdio as luzes do anoitecer, e esse filme sofre bastante com tentativas mal sucedidas. Mesmo assim, Fear Street Part Two: 1978 é um filme que entretém. Os personagens são bem construídos, as interpretações de todos os atores são sólidas e a história prende o espectador. Não vou negar, no entanto, que gostaria que o filme tivesse sido lançado com mais tempo de diferença para o primeiro, uma única semana é pouquíssimo tempo. Talvez o ideal fosse um mês, ou até mais, para que a gente pudesse sentir um pouco de saudade da história.

Nota 7!

No momento, Fear Street Part Two: 1978 está disponível para streaming na Netflix.


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: