UM ESTRANHO NO LAGO – 2013

Esse suspense francês dirigido e escrito por Alain Guiraudie é um ótimo exemplo de como histórias LGBTQ+ existem e podem ser muito bem feitas em todos os gêneros da ficção. Um Estranho no Lago (que no original em francês se chama L’Inconnu du Lac, e na versão em inglês leva o nome de Stranger by the Lake) conta a história de Franck (interpretado por um ótimo Pierre Deladonchamps), um homem gay que frequenta uma praia de nudismo à beira de um lago. Essa praia, assim como o bosque nos arredores dela, são locais bastante procurados por homens gays em busca de sexo casual, no famoso “cruising” (a prática de caminhar em busca de paqueras e parceiros sexuais em locais públicos). Lá, Franck vai fazer amizade com um homem mais velho, o solitário Henri (vivido por Patrick d’Assumçao) ao mesmo tempo em que se apaixona à primeira vista pelo o belo e misterioso Michel (interpretado por Christophe Paou). A medida que Franck se aproxima de Michel, no entanto, ele percebe que esta embarcando num perigoso relacionamento que pode lhe colocar em risco e vai ter que lutar para controlar essa forte atração antes que seja tarde demais.

Um filme erótico e sensual, Um Estranho no Lago consegue capturar perfeitamente a tensa e excitante atmosfera do cruising, que é envolvente e assustadora ao mesmo tempo. Gays que se aventuram nessa prática, muitas vezes por falta de opção de locais receptivos aos público LGBTQ+ na maioria das cidades, acabam recorrendo ao cruising para encontrar parceiros, mesmo sabendo dos riscos que isso pode trazer, dada à forte homofobia ainda presente na nossa sociedade. Esse clima é perfeitamente traduzido pelo suspense do filme, muito embora o causador do medo nesse caso seja o desconhecido. Ao encontrar pessoas no lago, Franck acaba passando seu tempo com homens que ele não conhece, às vezes nem sabe o nome, muito menos o passado. Com Michel, no entanto, o protagonista aceita correr riscos, mesmo sabendo onde isso pode acabar. Essa trama de atração e insegurança é o que faz o filme ser instigante, mesmo que a sua conclusão pareça um pouco vaga e acabe minimizando um importante aspecto da narrativa. Ainda assim, com uma excelente direção e uma belíssima fotografia, Um Estranho no Lago é uma ótima pedida para qualquer fã de um bom suspense.

Nota 8!

Atualmente, Um Estranho no Lago está disponível para streaming na Globoplay e no Telecine, além de poder ser alugado pelo iTunes.


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: