FRENCH EXIT – 2020

Uma comédia surrealista dirigida por Azazel Jacobs e protagonizada por Michelle Pfeiffer, French Exit (que em português leva o nome de Saída à Francesa) é um filme que usa seu humor absurdo para contar uma história bem comum. Ele narra o processo de empobrecimento de uma socialite, Frances (interpretada por uma ótima Pfeiffer), e do seu filho, Malcolm (vivido por Lucas Hedges) que, como única solução para a terrível crise financeira que vivem, é vender todos os bem, fugir de Manhattan e se mudar para um pequeno apartamento em Paris, vivendo no anonimato. Mãe e filho viajam com o gato da família, Small Frank, que guarda um importante mistério, e além disso eles encontram pelo caminho uma série de outras figuras inusitadas e tão excêntricas quanto eles. O filme conta ainda com Valerie Mahaffey como Susan, a namorada de Malcolm; Danielle Macdonald, como Madeleine, uma médium que a família conhece na viagem para a França; e Valerie Mahaffey, no papel da Madame Reynard, a única amiga da família em Paris.

French Exit e principalmente a atuação de Michelle Pfeiffer fizeram bastante barulho na temporada de cinema de 2020-2021, que viu diversos críticos e especialistas em premiações garantindo uma vaga para a atriz no Oscar desse ano. E não vou negar, Pfeiffer está muito bem, mas realmente não vi uma atuação que pudesse competir com as melhores atrizes do ano, muito menos o filme é uma obra à altura da maioria dos indicados à Melhor Filme no Oscar em 2021. French Exit é lendo, mas lento no mau sentido. É aquele filme que não molha nem sai da chuva, onde pouca coisa realmente acontece as o tempo é preenchido com cenas que não acrescentam em muita coisa na construção das personagens, todas mais bizarras do que o necessário. Mas por sorte, o filme vai melhorando – não muito, mas vai. A primeira parte de French Exit, que foca em Frances e seu filho, é mesmo muito monótona e sem graça. Ele só melhora com a chegada de novos personagens secundários que deixam a história mais dinâmica e divertida. O texto do filme é decente e o humor pode até agradar algumas pessoas, mas pra mim ele não conseguiu fazer o papel de comédia. Felizmente, o drama, por mais que seja superficial, fez o filme não ser de todo ruim.

Nota 5!

French Exit está disponível para aluguel e compra no Brasil através do Google Play e da Microsoft Store.


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: