SUMMER OF SOUL – 2021

O estrondoso filme Summer of Soul (cujo nome completo é Summer of Soul …Or, When the Revolution Could Not Be Televised, em português Summer of Soul …ou, Quando A Revolução Não Pôde Ser Televisionada) é um documentário americano de 2021 sobre o Harlem Cultural Festival de 1969, dirigido por Ahmir “Questlove” Thompson em sua estreia na direção. O filme sua estreia mundial no Festival de Cinema de Sundance de 2021 onde ganhou o Grande Prêmio do Júri e o Prêmio do Público nas categorias de documentários, e foi lançado para streaming nos Estados Unidos pelo Hulu no fim de semana seguinte. O documentário foi aclamado pela crítica, com destaque para a restauração das imagens usadas e foi indicado a vários prêmios, incluindo Melhor Documentário no Oscar de 2022 e Melhor Filme Musical no Grammy Awards do mesmo ano.

O filme examina o Harlem Cultural Festival de 1969, que aconteceu em seis domingos entre 29 de junho e 24 de agosto no Mount Morris Park (hoje chamado Marcus Garvey Park) no bairro majoritariamente negro e latino do Harlem, em Nova York, usando imagens profissionais do festival que foi filmado durante as apresentações, além de entrevistas atuais com participantes, músicos e outros comentaristas para ajudar a fornecer informações históricas e contexto social. Apesar de ter um grande público e artistas famosos como Stevie Wonder e Nina Simone, o festival é muito menos conhecido do que Woodstock (que aconteceu no mesmo fim de semana de um dos dias do Harlem Cultural Festival) e o documentário tenta encontrar os motivos disso.

Summer of Soul é uma verdadeira celebração desse festival que se perdeu no tempo. O documentário nos transporta para o final da década de 60 e nos mergulha num evento culturalmente inesquecível. Muitas vezes parece que estamos testemunhando o festival juntamente com as 300 mil pessoas que participaram dessa verdadeira revolução social. O documentário faz um ótimo trabalho em prover o contexto da região e dos Estados Unidos como um todo, de como as relações raciais se davam na época e de como o festival de 1969 for um marco de todas as transformações que aconteciam então. O mais assustador de tudo é o fato de que foram gravadas cerca de quarenta horas de filmagem do Harlem Cultural Festival e foram editados trechos que resultaram dois especiais de TV de uma hora que foram transmitidos em 1969, e desde então, nunca mais foram utilizados desde então, apesar da vontade de Hal Tulchin, produtor de televisão responsável pelas gravações, de criar um especial com imagens do evento. Finalmente, 2021 foi o ano em que o mundo teve a chance de reviver esse momento tão preciso da história da música e da cultura racial, não só dos Estados Unidos, mas do mundo como um todo, principalmente pela conexão entre as lutas dos povos africanos, latinos em seus países e na América do Norte.

Nota 9.

No momento da publicação deste artigo, Summer of Soul ainda não está disponível nas plataformas oficiais de streaming ou de aluguel do Brasil. Se você se interessou pelo filme e quer conhecer mais sobre ele, incluindo outras opiniões, abaixo você encontra o link para o Letterboxd, uma rede social de pessoas que comentam todas as obras do mundo do cinema. Além disso, já que os filmes estão sempre mudando de streaming, você pode visitar o JustWatch, uma ferramenta que mostra a disponibilidade de filmes e séries em todas as plataformas de diversos países, para conferir de forma atualizada onde assisti-los! 🎥


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site criado com WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: