Sundance 2022: Happening

Um filme francês que teve sua estreia no ano passado durante o Festival de Veneza, onde levou o Leão de Ouro, o prêmio máximo do festival e um dos mais prestigiosos da indústria do cinema, Happening (L’événement, no título original em francês) é um drama impactante e bastante difícil de assistir. Incluído da sessão Spotlight do Festival de Sundance deste ano, que exibe alguns dos melhores filmes já lançados em outros eventos, Happening é dirigido por Audrey Diwan, que também co-escreve a obra ao lado de Marcia Romano. O filme é baseado num romance do mesmo nome lançado em 2000 pela escritora francesa Annie Ernaux. Tal romance, por sua vez, se trata de um livro de memórias autobiográfico que narram eventos da vida da escritora na França dos anos 60, quando a lei do país punia severamente as mulheres que cometessem aborto e todos aqueles que a auxiliavam.

Dessa forma, Happening no transporta para 1963, quando a jovem Anne (vivida pela fabulosa atriz franco-romena Anamaria Vartolomei) é uma estudante de Letras que está entre as melhores da classe e tem um futuro brilhante à sua frente. Quando ela engravida, no entanto, começa a ver todos os seus planos desaparecendo bem na frente dos olhos. Sem apoio dos médicos, sem poder contar com a família nem com o parceiro, e sem a ajuda das amigas mais próximas, a vida da estudante se torna uma eterna batalha contra tudo e todos. Num contexto em vive, Anne sabe que descontinuar a gravidez é uma tarefa quase que impossível, mas a medida que as semanas passam e as provas finais se aproximam, a jovem vai ter que correr contra o tempo para encontrar uma forma de realizar o aborto, mesmo que isso signifique ir para a prisão.

IFC Films, FilmNation Win Bidding War for Abortion Drama 'Happening' -  Variety

Happening é um filme difícil em vários sentidos. Primeiro que é um filme sobre aborto, que já é um tema delicado, mas depois pela abordagem da obra: tudo é mostrado de forma explícita. Dessa forma, o filme nos obriga a sofrer junto com a protagonista e sentir um pouco da sua dor e da sua angústia. Impossível não se desesperar e não se emocionar com essa história tão dura. Há quem não goste de filmes que focam na dor feminina, que mostram mulheres sofrendo de forma contínua, como se o sofrimento da vida real já não fosse o bastante. Eu entendo esse pensamento e tenho uma opinião parecida. A dor física e psicológica de Anne é quase que insuportável, o medo de ter o futuro destruído é assolador, e o filme demonstra isso com tanto realismo que quase fechamos os olhos em algumas cenas, como se fosse um filme de terror.

E querendo ou não, o que temos aqui é um filme de terror, o terror de não ter domínio sobre seu próprio corpo, sobre suas próprias escolhas. É devastador, ainda mais quando lembramos que se trata de uma história real. Além de uma escolha criativa que traz toda a dor da personagem à tona, temos a magnífica Anamaria Vartolomei numa performance digna de Oscar. É uma daquelas atuações que marcam carreiras, e a atriz com certeza será lembrada por esse papel por anos e anos. O filme também é econômico, e em pouco mais de uma hora e meia nos passa tudo o que é necessário para entender a vida e a situação da personagem principal, inclusive cortando alguns momentos que poderiam ser relevantes para a história como um todo, mas que ficam de fora na versão final. É uma troca interessante, pois faz o filme ficar mais dinâmico e menos repetitivo.

Nota 9!

No momento da publicação deste artigo, Happening ainda não está disponível nas plataformas oficiais de streaming ou de aluguel do Brasil. Se você se interessou pelo filme e quer conhecer mais sobre ele, incluindo outras opiniões, abaixo você encontra o link para o Letterboxd, uma rede social de pessoas que comentam todas as obras do mundo do cinema. Além disso, já que os filmes estão sempre mudando de streaming, você pode visitar o JustWatch, uma ferramenta que mostra a disponibilidade de filmes e séries em todas as plataformas de diversos países, para conferir de forma atualizada onde assisti-los! 🎥


Veja também:


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site criado com WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: