BEING THE RICARDOS – 2021

Being the Ricardos (também chamado de Apresentando os Ricardos na versão em português) é o mais novo filme do roteirista e diretor Aaron Sorkin que conquistou diversos prêmios em 2020 com seu filme na Netflix o superestimado The Trial of the Chicago Seven. Desse vez, o cineasta estadunidense se aventura novamente no passado para trazer à tona uma semana da vida de uma das personalidades mais famosas da televisão dos Estados Unidos de todos os tempos: Lucille Ball. A atriz, que foi a estrela do aclamado seriado de sucesso I Love Lucy nos anos 50, aqui é interpretada por Nicole Kidman e seu marido e colega de trabalho, o cubano Desi Arnaz, é vivido pelo espanhol Javier Bardem. Durante a semana reproduzida em Being the Ricardos, acompanhamos os tentativas do casal de manter seu relacionamento de pé enquanto produzem e atuam no seriado mais badalado do momento. Além disso, o passado de Lucille Ball é resgatado pelas autoridades que questionam sua possível associação com o comunismo, algo que colocaria um fim na sua carreira.

O filme é contado na forma de flashbacks, com pessoas próximas ao casal Lucy e Desi relembrando momentos do passado, como se fosse um documentário. Uma estratégia um tanto estranha que não parece favorecer a estrutura narrativa de Being the Ricardos, mas também não é prejudicial, só parece desnecessária. E esse é o sentimento que prevalece durante a maior parte do filme – escolhas estranhas e desnecessárias. O enredo como um todo, a escolha de contar os bastidores de uma semana da produção de I Love Lucy, tudo parece exagerado e eventos desimportantes parecem assumir uma proporção maior do que o devido. A impressão geral é de que o filme não convence e, pior de tudo, é chato. Ainda mais para aqueles que, como eu, não possuem uma relação de proximidade com a história de Lucille Ball ou da TV estadunidense de 70 anos atrás. O elenco está bem no geral, principalmente Nicole Kidman e a maravilhosa Alia Shawkat, mas o CGI utilizado para rejuvenescer diversos atores é terrível e atrapalha o visual do filme como um todo. E preciso mencionar a ironia de ter um espanhol – Bardem – interpretando um cubano num filme onde a origem latino-americana do personagem é tão importante.

Nota 3.

No momento da publicação deste artigo, Being the Ricardos está disponível no Amazon Prime Video. Se você se interessou pelo filme e quer conhecer mais sobre ele, incluindo outras opiniões, abaixo você encontra o link para o Letterboxd, uma rede social de pessoas que comentam todas as obras do mundo do cinema. Além disso, já que os filmes estão sempre mudando de streaming, você pode visitar o JustWatch, uma ferramenta que mostra a disponibilidade de filmes e séries em todas as plataformas de diversos países, para conferir de forma atualizada onde assisti-los!


Veja também:


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site criado com WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: