SPIRAL – 2019

Um pouco antes do lançamento de Spiral em 2021 – o nono filme da franquia Saw (Jogos Mortais) – um outro filme de terror e suspense também chamado Spiral foi lançado, ainda em 2019. Dirigido pelo cineasta Kurtis David Harder, esse filme LGBTQ+ cheio de terror psicológico veio diretamente do Canadá para conta a história de um casal gay vivido por Jeffrey Bowyer-Chapman (Malik) e Ari Cohen (Aaron) que se muda com a filha adolescente, Kayla (interpretada por Jennifer Laporte) para uma cidade do interior em busca de paz e tranquilidade. Ao chegar no local, no entanto, a família vai descobrir que a vizinhança pode esconder alguns segredos assustadores. E quando Malik começa a perceber que seus vizinhos são mais suspeitos do que qualquer um poderia imaginar, ele vai iniciar uma investigação que vai mexer com a sua sanidade e cujos resultados são imprevisíveis.

Escrito por Colin Minihan e John Poliquin, Spiral (que mantém o mesmo título em português) tem uma premissa interessante e uma história que, sem dúvidas, vale a pensa ser contada. Do ponto de vista social, o filme lembra o aclamado Get Out, mas com uma execução um pouco menos cuidadosa. Apesar de um ótimo início, o filme conta com algumas decisões criativas estranhas, que nem sempre parecem encaixar na proposta da narrativa. Outro problema está em algumas performances, que são um pouco irregulares, principalmente dos atores mais jovens, enquanto o casal protagonista está muito bem. Inclusive Jeffrey Bowyer-Chapman, mais conhecido pela polêmica participação como jurado na primeira temporada da versão canadense de RuPaul’s Drag Race, entrega uma sólida atuação aqui, mostrando que é melhor ator do que jurado de reality show. No fim das contas, mesmo com diversos defeitos, o filme tem uma proposta de terror e suspense LGBTQ+ que faz sentido e merece ser assistido. Ele também acerta na construção do clima de tensão e mistério que nos envolve do começo ao fim.

Nota 6!

No momento da publicação deste artigo, Spiral está disponível na plataforma oficial de streaming da Globoplay. Se você se interessou pelo filme e quer conhecer mais sobre ele, incluindo outras opiniões, abaixo você encontra o link para o Letterboxd, uma rede social de pessoas que comentam todas as obras do mundo do cinema. Além disso, você pode clicar em JustWatch, uma ferramenta que mostra a disponibilidade de filmes e séries em todas as plataformas de diversos países para conferir de forma atualizada onde assisti-los!


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: