ONDE VIVEM OS MONSTROS – 2009

Spike Jonze é com certeza um dos cineastas mais singulares e surpreendentes da atualidade, tendo trabalhando, produzido e criado os mais diversos tipos de filmes. Antes de encantar o mundo com a história de um homem que se apaixona pela inteligência artificial de um sistema operacional em Her, pelo qual Jonze ganhou o Oscar de Melhor Roteiro Original, ele já havia fascinado muita gente com Where the Wild Things Are, que em português se chama Onde Vivem os Monstros, um filme baseado no livro de ilustrações para crianças de 1963 de Maurice Sendak. Esse lindo drama infantil repleto de fantasia e aventura conta a história do pequeno Max (vivido por um excelente Max Records), um criança ao redor dos 10 anos de idade que é bastante agitada e tem uma imaginação muito ativa, principalmente após o divórcio dos seus pais. Ele passa grande parte do seu tempo vestindo uma fantasia de lobo, perseguindo seu cachorro e brigando com a sua irmã e com os amigos dela. Um certo dia, após uma briga com a mãe, Max foge de casa e corre até chegar a um lago, onde ele entra num pequeno barco e parte para longe. Após algum tempo, o menino chega a uma ilha habitada por diversas criaturas monstruosas gigantescas, muitas das quais, assim como Max, passam por dificuldades de entender seus próprios sentimentos.

Onde Vivem os Monstros é um filme único! Ele trata as dificuldades da infância a sério, como qualquer outra dificuldade que passamos em nossas vidas. É um drama bastante filosófico e ao mesmo tempo um filme infantil que consegue explicar o temperamento de Max como algo que os adultos não entendem simplesmente por falta de empatia e de paciência. Quem de nós nunca teve medo e ansiedade quando crianças por não saber como reagir às inseguranças que se apresentam quase que diariamente? E na relação de Max com os demais monstros de sua ilha que ele vai perceber que todos possuem medos e tristezas, e que isso faz parte da vida. O texto de Jonze (co-escrito com Dave Eggers) é simplesmente maravilhoso, por vezes tristes, mas propositalmente. Ele nos faz pensar nos nossos momentos de insegurança, não só da infância, mas também da vida adulta e em como encará-los de forma tranquila. Outro ponto alto do filme são os monstros, que são incrivelmente produzidos, e o visual que mistura fantasias, animação digital em CGI e recursos animatrônicos para alcançar um efeito fabuloso que assusta e nos emociona ao mesmo tempo! Sem falar na linda trilha sonora da sempre talentosa Karen O!

Nota 10!

No momento, Onde Vivem os Monstros está disponível para assistir por streaming na HBO Max ou por aluguel no Looke, iTunes e Microsoft (clique em JustWatch para saber mais).


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: