ANIARA – 2018

Mais um filme LGBTQ+ onde o fato da protagonista ser LGBTQ+ não é o centro da narrativa, e ~tá tudo bem~, inclusive, é algo muito bem-vindo! Dessa vez, temos uma ficção científica incrível vinda diretamente da Suécia, dirigida pela dupla Pella Kågerman e Hugo Lilja. Aniara (que mantém o mesmo título em português) é a adaptação de um poema épico do autor sueco Harry Martinson, vencedor do prêmio Nobel de literatura, e ele conta a história dos tripulantes de uma espaçonave que se chama Aniara. A espaçonave começa sua viagem repleta de passageiros da Terra que estão indo na direção de Marte, fugindo do planeta devastado pelas mudanças climáticas. Já nos primeiros momentos dessa viagem de três semanas, um acidente faz com quem Aniara tenha que mudar de direção e nisso ela acaba sem destino temporariamente, aumentando consideravelmente o previsão de chegada a Marte. Nesse contexto, uma jovem mulher (vivida por uma excelente Emelie Garbers) é responsável por Mima, uma inteligência artificial capaz de criar uma realidade virtual baseada nas memórias que as pessoas trouxeram da Terra, e nesse momento de tensão entre os passageiros, seu papel será mais importante do que nunca.

Aniara é um filme inteligente e muito bem feito, que usa da criatividade para construir um futuro não tão inimaginável. Mesmo sem o orçamento de blockbusters de Hollywood, o filme sueco impressiona com visuais incríveis e com uma forma bastante original de contar uma história que se passa no espaço, além de um excelente design de produção. O texto é claro e o desenvolvimento da narrativa é bastante regular, o que traz uma fluidez para a obra. Mas talvez o maior destaque de Aniara seja a história em si e a forma com a qual ela é contada, que é principalmente mérito da dupla de diretores e do sensacional elenco. Além da ótima Emelie Garbers no papel principal, o filme conta também com a fabulosa atriz sueco-brasileira Bianca Cruzeiro no papel de Isagel, uma piloto da aeronave que aos poucos se envolve com a protagonista. E esse envolvimento é uma dos pontos mais altos do filme, uma vez que no futuro onde ele se passa, o relacionamento das duas mulheres nem por um momento é tido como algo fora do comum ou tabu de alguma forma, o que é reconfortante. O filme, no entanto, não é só alegria, e traz momentos bastante tensos e filosóficos que acabam ditando o tom da trama, mas não fazem dela uma experiência menos admirável.

Nota 9!

Atualmente Aniara está disponível para streaming na streaming na Amazon Prime Video e no Looke, além de aluguel e compra no Google Play e no iTunes.


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: