ALICE JÚNIOR – 2019

Admito que fiquei com receio quando vi as primeiras imagens do filme, achei que seria muito infantilizado, mas me surpreendi positivamente ao assistir esse ótimo filme LGBTQ+ brasileiro. Dirigido por Gil Baroni, Alice Júnior conta a história de Alice (Anne Celestino Mota) uma adolescente que vive com seu pai em Recife. Alice é uma garota trans e muito bem resolvida com a sua identidade de gênero e tem no seu pai um forte aliado, além disso, ela tem uma vida bastante ativa nas redes sociais, principalmente após participar de um reality show de modelos. O que Alice ainda não domina é a sua vida amorosa, como todo adolescente, e ela não vê a hora de beijar pela primeira vez. Mas tudo isso está prestes a mudar agora que seu pai precisa fazer uma viagem de trabalho de alguns meses numa pequena cidade do Paraná, e Alice vai precisar de muita força e coragem para sobreviver num ambiente novo e hostil!

Cheio de cores e com uma edição moderna e jovial, Alice Júnior tem uma energia incrível e única, com uma premissa simples, mas eficaz. O enredo do filme não é o mais inovador de todos os tempos, mas ainda assim é instigante e envolvente. Não é difícil mergulhar no universo de Alice e se identificar com a história da garota que precisa encontrar seu espaço numa nova cidade e numa nova escola. Nesse sentido, é revigorante poder acompanhar a jornada de uma jovem LGBTQ que tem o apoio da família e é bastante segura de suas decisões, mesmo quando é colocada no tradicional contexto de vítima de bullying. O humor do filme é apela para o público jovem e muitas piadas giram em torno do mundo virtual, às vezes de forma um pouco forçada (como quando exagera no uso de cameos da Gretchen), o que pode ser uma distração. De qualquer forma, o filme tem pontos positivos de sobra, principalmente pela forma com a qual lida com a família e as amizades de Alice, e com as descobertas da garota que, mesmo muito segura de si, vai acabar percebendo que o mundo é mais surpreendente do que ela esperava.

Nota 8!

Alice Júnior, um filme super relevante para a representatividade trans e LGBTQ+ no geral, está disponível para streaming na Netflix, além de aluguel no Looke, iTunes, Google Play e Microsoft Store (clique no JustWatch para ver mais detalhes).


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: