BEM-VINDO À CHECHÊNIA – 2020

Esse incrível e assustador documentário dirigido pelo americano David France acompanha a luta de ativistas LGBTQ russos na tentativa de resgatar indivíduos homossexuais da região da Chechênia, no sul da Rússia, na segunda metade da década de 2010. O documentário foca tanto nos desafios e obstáculos enfrentados pela ONG de ativistas LGBTQ, quanto nos jovens gays e lésbicas que buscam fugir da perseguição. Em grande parte, Bem-vindo à Chechênia (Welcome to Chechnya, no original em inglês) é filmado às escondidas com a ajuda dos ativistas utilizando câmeras portáteis e os rostos dos refugiados são digitalmente alterados para que eles não sejam identificados por autoridades chechenas ou russas. Nessa caso, eles recebem novos rostos, como numa técnica de “deep fake”, evitado o uso da tradicional técnica de pixelamento da tela que acabaria tirando a característica humana daquelas pessoas.

Como LGBTQ, tive dificuldade em assistir às histórias de tantos homens e mulheres gays que sofreram todo tipo de violência nas mãos de autoridades chechenas. Os casos de tortura, estupros, desparecimentos e mortes são diversos e vários deles registrados em vídeos, que são mostramos em alguns poucos momentos do documentário. A dor é tão real e a luta que tantos ativistas estão travando é tão difícil, que é impossível não se emocionar junto a eles e torcer para que este documentário magistral possa abrir os olhos da comunidade internacional sobre este assunto e possa facilitar o processo de documentação para que os LGBTQs em risco possam deixar a Rússia. Sobre a técnica inovadora de esconder o rosto das vítimas, confesso que demorei um pouco para me adaptar, principalmente porque se torna um pouco difícil ver os lábios das pessoas se mexendo enquanto falam. Mas, no fim das contas, essa digitalização dos rostos forneceu uma maneira mais empática de acompanhar a narrativa e foi responsável por um dos momentos mais incríveis do documentário, quando um dos refugidos retorna a Moscou para denunciar as torturas que sofreu.

Nota 10!

Bem-vindo à Chechênia, um corajoso ato político que deve ser prestigiado por LGBTQs mundo afora, está disponível para streaming no Now e para compra no Google Play!


Veja também:

Um comentário em “BEM-VINDO À CHECHÊNIA – 2020

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: