GREEN ROOM – 2015

Um terror da A24 com uma premissa interessante, Green Room é dirigido e escrito pelo americano Jeremy Saunier e recebeu ótimas críticas na época do seu lançamento. A trama foca na história de uma banda de punk rock que, enquanto visita um clube numa região isolada do costa oeste dos EUA, acaba testemunhando uma cena de violência. Por serem testemunhas, os membros da banda acabam também de tornando alvos de um grupo de skinheads neo-nazistas e precisam encontrar um forma de escapar de situações tensas e desesperadoras. Os principais destaques na atuação são Anton Yelchin e Alia Shawkat como membros da banda, Imogen Poots, como uma das frequentadoras do bar, e Sir Patrick Stewart (sim, ele mesmo), como líder dos skinheads.

“Green room” em inglês é o nome dado às “coxias”, uma sala nos bastidores onde bandas e outros artistas se preparam para apresentações (por isso destesto a tradução que deram para o título do filme em português: Sala Verde). Grande parte da história de Green Room se passa numa claustrofóbica coxia, e esse é um dos méritos do filme. Para quem gosta de filmes de terror violentos e que causam ansiedade, esse é um prato cheio. Algumas cenas são muito sanguinolentas e difíceis de assistir, o que me incomoda um pouco. Também posso garantir que fiquei na beirinha do sofá angustiado durante todo o filme. Agora, para uma obra que traz tanta apreensão, esperava por um clímax mais recompensador e com melhores decisões criativas.

Nota 7!

Green Room está disponível para aluguel no iTunes e no Google Play – verifique a disponibilidade no JustWatch.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: