NIGHT IS SHORT, WALK ON GIRL – 2017

Sempre via o nome desse filme (no original (夜は短し歩けよ乙女, Yoru wa Mijikashi Aruke yo Otome) e o poster maravilhoso e pensava “esse filme deve ser muito bom, o nome e o poster são a minha cara”. E depois de finalmente assisti-lo eu posso dizer que: eu estava errado… mas também estava certo, haha! E já explico o porquê! Bom, o filme conta a história de uma garota e um rapaz (que não recebem nomes), dois estudantes universitários que mal se conhecem, mas mesmo assim o rapaz alimenta um crush profundo pela garota. No decorrer do filme, que acompanha o passo a passo da garota numa noite interminável (e as tentativas do rapaz se declarar para ela), passamos por momentos muito divertidos. A garota, acompanhada de dois amigos, entra de penetra em várias festas, bebe até não poder mais, dança, se diverte, entra num grupo de teatro “ilegal” e vive várias aventuras.

Tudo o que a garota vive nessa noite que parece durar meses é super empolgante e recheado de momentos mágicos (tanto com amigos, quanto com novos conhecidos – inclusive alguns seres literalmente mágicos). Essa é a parte maravilhosa do filme. Eu sempre fui fascinado pela noite, pelas aventuras que ela traz e pelos laços que criamos no seu decorrer, e a atmosfera do filme é justamente sobre isso: tudo de bom que uma noite bem aproveitada pode trazer. Nota dez!

O problema é: o personagem masculino! O amor infundado que ele alimenta pela garota e as atitudes de stalker são doentios e nada românticos, mas mesmo assim o filme trata esses sentimentos como algo bonito e natural. NÃO É! E boa parte do filme é dedicada a esse romance abusivo e tóxico, além de outros comportamentos deploráveis de personagens masculinos. Nota zero! São visões completamente ultrapassadas das relações de gênero que não deveriam ter espaço em 2017. Por isso minha nota final teve que ser ponderada!

Nota 6! (Onde a atmosfera e a animação em si levariam 10, mas a história levaria 2)

Quem sabe um dia eu não vire um cineasta e crie um filme com a mesma atmosfera de aventura noturna fabulosa, mas sem um romance tóxico mega problemático, não é? E espero que ninguém venha com esse papo de que é “a cultura japonesa”, porque há obras muito mais inteligentes vindas do Japão! De qualquer forma, esse filme que me deixou tão dividido não está nas plataformas de streaming ou de aluguel do Brasil, apenas em sites de compartilhamento.


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: