BALLOON – 2019

Um filme chinês produzido no Tibete, Balloon (que em português recebeu o título de O Balão, e em mandarim leva o nome de Qìqiú) é um drama escrito e dirigido pelo cineasta tibetano Pema Tseden. A obra, que recebeu prêmios ao redor do mundo, esteve disponível no 6º Mostra de Cinema Chinês de São Paulo que está acontecendo online neste mês de novembro. O drama viaja no tempo para contar a história de uma família de uma região rural tibetana nos anos 90. Acompanhamos o casal Darje e Drolkar (vividos respectivamente pelos excelentes Jinpa e Sonam Wangmo), seus três filhos e o avô, pai de Darje. Eles mantêm uma criação de carneiros e levam uma vida pacata enquanto tentam se acostumar com a política chinesa de controle populacional, onde ter filhos pode significar um risco para toda a família. Dessa forma, o casal precisa se acostumar com métodos contraceptivos e outras formas de manter o número de filhos atual, mesmo que isso coloque suas crenças em cheque e faça com quem a harmonia entre os membros da família seja destruída.

Balloon é uma daquelas adoráveis surpresas que você encontra num festival, um filme independente incrível de um lugar distante, mas que nos desperta os sentimentos mais familiares possíveis. Nesse sentido, mesmo inseridos numa cultura completamente diferente da nossa que viveu contextos bastante distintos, identificamos muito em comum, emoções que nos unem de forma quase que imediata com as personagens. Isso graças a um ótimo texto e às incríveis atuações do elenco, que é está muito bem como um todo. O filme mistura vários elementos culturais de uma forma que faz muito sentido e nos coloca no lugar daquelas pessoas muito eficientemente. A história é sutil, bem contada, com personagens envolventes e muito coração, além de contar com uma fotografia estonteante com um bom uso de cores. Em suma, esse é certamente um dos melhores filmes que abordam a política chinesa de filho único na recente onda de obras sobre o tema. Apesar de adorar a quantidade de tempo na tela dedicada ao elenco em conjunto, devo dizer que senti falta mais do foco na esposa, Drolkar, visto que ela é a personagem central aqui, e não o marido, que acaba sendo usado como a espinha dorsal da narrativa. Mas isso não muda o fato de que este é um filme incrível e que merece todos os elogios!

Nota 9!

No momento da publicação deste artigo, Balloon ainda não está disponível nas plataformas oficiais de streaming ou de aluguel do Brasil. Se você se interessou pelo filme e quer conhecer mais sobre ele, incluindo outras opiniões, abaixo você encontra o link para o Letterboxd, uma rede social de pessoas que comentam todas as obras do mundo do cinema. Além disso, você pode clicar em JustWatch, uma ferramenta que mostra a disponibilidade de filmes e séries em todas as plataformas de diversos países para conferir de forma atualizada onde assisti-los!


Veja também:


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: