DOR E GLÓRIA – 2019

Esse ótimo filme espanhol do talentoso cineasta veterano Pedro Almodóvar, que atua como diretor e roteirista da obra, busca inspiração na vida e na carreira do próprio cineasta para contar uma ótima história que envolve a vida e seu iminente término. Dor e Glória (que no original em espanhol se chama Dolor y Gloria, e no inglês leva o título de Pain and Glory), acompanha o momento de decadência da carreira de um famoso diretor de cinema, Salvador Mallo (vivido por um sempre excelente Antonio Banderas) enquanto ele relembra momentos de sua vida através de flashbacks: sua infância, sua mãe, a descoberta da sexualidade, os amores, os filmes que fez e os atores com quem trabalhou. O fim da carreira de Salvador coincide com uma doença que aparece e lhe dá conta de que, com a idade, sua vida também está chegando ao fim. Com essa fusão entre vida e carreira, Salvador se vê num vazio criativo que o impede de escrever e continuar trabalhando enquanto precisa encarar a sua própria mortalidade.

Dor e Glória é uma das obras mais pessoais da carreira de Almodóvar, e embora não seja uma autobiografia propriamente dita, fica claro desde o início que o protagonista é baseado no próprio cineasta. O filme faz um ótimo trabalha ao contar que, ao fim da vida, muito do que nos faz seguir em frente está vinculado ao nosso passado e às nossas memórias. O texto de Almodóvar, como sempre, é sutil e direto ao mesmo tempo. Por vezes, o filme nos dá mais pistas visuais do que textuais, e nem sempre deixa claro todos os detalhes do enredo, o que é sempre proposital e bem feito. O design de produção é de encher os olhos, com um uso de cores fabuloso, como já é de praxe nas obras do diretor. Outro ponto alto é o uso da música, com uma excelente trilha sonora composta pelo tradicional parceiro de trabalho de Almodóvar, Alberto Iglesias. E não poderia deixar de mencionar as atuações, que são fenomenais, principalmente de Banderas no papel principal, mas certamente também a forte e contundente performance de Penélope Cruz, como a mãe de Salvador quando jovem. Dor e Glória associa a carreira de Salvador a sua própria vida de uma forma criativa e intrincada que funciona muito bem, sendo um dos melhores filmes recentes sobre o universo do cinema em si, e que traz uma conclusão impactante e cheia de emoção.

Nota 9!

No momento, Dor e Glória está disponível para streaming no Amazon Prime Video e pode ser comprado nas plataformas do iTunes e Google Play.


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: