O CÉU DA MEIA-NOITE – 2020

Minhas expectativas eram muito altas com esse filme. Amo uma trama pós-apocalíptica, amo aventuras no espaço, amo filmes de ficção científica que focam no futuro da humanidade. Por isso, inclusive, comecei a ler “Good Morning, Midnight“, o livro no qual o novo filme dirigido e protagonizado por George Clooney se baseia. Mas minhas expectativas não foram correspondidas. O Céu da Meia-Noite (The Midnight Sky, no original em inglês) conta a história de Augustine (Clooney), um cientista isolado num observatório no Ártico em 2049, quando todas as outras pessoas que trabalhavam com ele foram evacuadas e levadas de volta para os lares devido a um acidente que acabaria com a vida no planeta em pouco tempo. Augustine decide continuar no observatório, sozinho, uma vez que não teria um lar para onde voltar. Enquanto isso, acompanhamos a trajetória de Sully (vivida por Felicity Jones) e sua equipe de astronautas que retorna de uma missão de dois anos na luas de Jupiter, sem ter ideia do destino que a vida na Terra tomou.

O Céu da Meia-Noite tenta abraçar muitas histórias e estilos ao mesmo tempo, mas mesmo com quase duas horas de filme, o sentimento final é de que falta alguma coisa. O filme quer construir personagens introspectivos e com histórias tristes, principalmente Augustine, que teve um passado do qual ele se arrepende, mas não nos mostra o suficiente para que tenhamos empatia com ele. Por outro lado, o filme tenta nos trazer cenas de ação e aventura que poderiam até ter ficado de lado, visto que esse não é o objetivo final do filme e essas cenas acabam deslocadas (apesar de muito bem feitas isoladamente). Esses problemas realmente deixam o filme superficial e sem muito propósito, mesmo que a sua história seja belíssima e a sua premissa envolvente. Além disso, O Céu da Meia-Noite consegue nos trazer ótimos efeitos visuais e composições incríveis que merecem reconhecimento.

Nota 6!

O Céu da Meia-Noite é um filme original Netflix que estreou hoje na plataforma. Mesmo que você não decida assistir o filme, fica a sugestão do livro “Good Morning, Midnight“, que é nota 10!


Veja também:

Um comentário em “O CÉU DA MEIA-NOITE – 2020

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: