WRITING WITH FIRE – 2021

Writing with Fire (Escrevendo com Fogo, no título em português) é um documentário indiano de 2021 dirigido pelos cineastas Sushmit Ghosh e Rintu Thomas sobre as jornalistas que dirigem o jornal liderado por mulheres Dalit, o Khabar Lahariya, à medida que fazem a transição de 14 anos de material impresso para jornalismo digital usando smartphones. É o primeiro documentário indiano a ser indicado ao Oscar de Melhor Documentário e teve sua estreia mundial no Festival de Cinema de Sundance de 2021, onde ganhou dois prêmios, o Prêmio do Público e um Prêmio Especial do Júri na categoria Documentário de Cinema Mundial. Unanimente aclamado em festivais de cinema e pela crítica, o documentário tem sido chamado de um dos melhores filmes sobre jornalismo já produzidos. Ele mergulha na luta das mulheres que dirigem o jornal, num cenário de notícias dominado por homens. Esse é o único jornal da Índia dirigido por mulheres da casta Dalit, que é a mais discriminada no sistema de castas do país. Armadas com smartphones, a repórter-chefe Meera e suas jornalistas quebram tradições na linha de frente dos maiores problemas da Índia e dentro dos limites de suas próprias vidas, se empoderando e criando novas perspectivas de futuro para si próprias e para toda a sociedade.

Comecei a assistir Writing with Fire sem muita perspectiva, era só mais um dos documentários indicados ao Oscar, e uma verdadeira zebra – ninguém apostava que o filme estaria entre os cinco finalistas do maior prêmio de cinema do mundo. Assim que o filme começa, no entanto, minha impressão muda completamente e não é possível lever esse filme como uma história casual de mulheres num sistema opressor. O documentário rapidamente prende sua atenção ao mostrar as jornalistas enfrentando todo tipo de obstáculo, seja na profissão, seja no dia a dia. As pessoas escolhidas como protagonistas desse documentário, além de inseridas numa trama complexa e inspiradora, são extremamente cativantes e não permitem que você as ignore – seja como expectador do filme, seja como alvo de suas reportagens. Writing with Fire segue um caminho inevitavelmente político, uma vez que o contexto de crescimento do nacionalismo hindu coloca a Índia como um todo num momento difícil, onde divisões se tornam mais acirradas e surge um cenário ainda mais incerto para as minorias sociais no país, sejam elas mulheres, Dalits, ou muçulmanos. É quando fica clara que a coragem dessas jornalistas é algo mais impressionante do que poderíamos imaginar e o documentário mostra isso com perfeição.

Nota 10.

No momento da publicação deste artigo, Writing with Fire está disponível para streaming no Now ou para aluguel iTunes e no Google Play. Se você se interessou por essa obra e quer conhecer mais sobre ela, incluindo outras opiniões, abaixo você encontra o link para o Letterboxd e para o TvTime, que são redes sociais de pessoas que comentam todas as obras do mundo do cinema e da televisão. Além disso, já que os filmes e as séries estão sempre mudando de streaming, você pode visitar o JustWatch, uma ferramenta que mostra a disponibilidade de filmes e séries em todas as plataformas de diversos países, para conferir de forma atualizada onde assisti-los! 🎥

Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site criado com WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: