RED ROCKET – 2021

O mais novo filme do cineasta Sean Baker, conhecido por seus filmes independentes como Tangerine e The Florida Project (dois dos melhores filmes dos últimos anos, por sinal), Red Rocket é mais uma produção dirigida e co-escrita pelo talentoso artista. Estrelado por um inspirado Simon Rex no papel de Mikey Davies (também conhecido pelo seu nome artístico de Mickey Saber), um ator de filmes pornográficos que retorna para a sua cidade natal no Texas após uma longa temporada de 17 anos na Califórnia. Sem dinheiro e sem emprego, Mickey implora para ficar na casa da ex-mulher (Bree Elrod) e da sogra (Brenda Deiss) enquanto tenta dar um rumo a sua vida, o que não será nada fácil devido à situação econômica da região e seu histórico como ator de filmes adultos. Além disso, Mickey tem o costume de querer tirar proveito de todas as situações e quando ele conhece a jovem Strawberry (vivida por uma excelente Suzanna Son) como balconista numa loga de donuts, ele vai fazer de tudo pra se aproximar da garota e agenciá-la como uma atriz pornô.

É incontestável a capacidade do diretor/roteirista de levar a pobreza dos Estados Unidos para as telas do cinema. Sean Baker certamente faz isso como poucos em seus filmes, e não é diferente em Red Rocket. Ao mesmo tempo, essa comédia dramática é muito menos sutil do que suas outras obras e traz um protagonista problemático, para dizer o mínimo. Mickey é um canastrão abusivo que só pensa em si mesmo, ele passa o filme inteiro mentindo e vivendo às custas dos outros sem dar nada em troca, então fica difícil torcer para seu sucesso. Nas maior parte do filme, torcemos mesmo é para o seu fracasso. O desenvolvimento do personagem é quase que inexistente e ele não parece aprender nada com o passar do tempo, o que nos leva a indagar qual o objetivo do filme e que mensagem ele quer nos passar. Isso não quer dizer que a atuação de Simon Rex seja ruim, pelo contrário, ele é excelente (assim como de todo o restante do elenco), o problema está mesmo em como o personagem é escrito e construído ao longo de mais de duas arrastadas horas de narrativa. No fim das contas, Red Rocket não mexe com a gente e não nos traz as emoções que estamos acostumados a receber nos filmes de Baker.

Nota 5.

No momento da publicação deste artigo, Red Rocket ainda não está disponível nas plataformas oficiais de streaming ou de aluguel do Brasil. Se você se interessou pelo filme e quer conhecer mais sobre ele, incluindo outras opiniões, abaixo você encontra o link para o Letterboxd, uma rede social de pessoas que comentam todas as obras do mundo do cinema. Além disso, já que os filmes estão sempre mudando de streaming, você pode visitar o JustWatch, uma ferramenta que mostra a disponibilidade de filmes e séries em todas as plataformas de diversos países, para conferir de forma atualizada onde assisti-los! 🎥


Veja também:


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site criado com WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: