SWAN SONG – 2021

Dirigido e escrito por Todd Stephens, este é primeiro de dois filmes que levam exatamente o mesmo nome lançados em 2021: Swan Song. Este é um ótimo drama protagonizado pelo ator alemão Udo Kier, conhecido do público brasileiro por atuar como o vilão de Bacurau em 2019, já o outro Swan Song é uma ficção científica do diretor Benjamin Cleary e é protagonizado por Mahershala Ali. No Swan Song de Todd Stephens acompanhamos a história de Pat Pitsenbarger (vivido por um fabuloso Kier), um ex-cabeleireiro que precisa atravessar a cidade após ser incumbido com a missão de fazer o cabelo de uma antiga cliente para o seu funeral. Nessa caminhada, o homem já idoso vai passar poe locais que relembram sua juventude, momentos marcantes de sua vida e pessoas que foram fundamentais em sua jornada, mas que já não estão mais entre nós. É um versão fictícia dos últimos momentos da vida do verdadeiro Pat Pitsenbarger, um cabeleireiro icônico da pequena cidade de Sandusky, no interior do estado americano de Ohio.

Pat Pitsenbarger foi o primeiro homem gay que o diretor Todd Stephens, também gay, conheceu em sua vida, vivendo na pequena cidade e longe do universo queer das grandes cidades estadunidenses nos anos 80. Dessa forma, Swan Song serve como uma homenagem a esse homem marcante que vivem numa época em que ser gay, ou LGBTQIA+, era muito mais difícil do que hoje em dia. Não que hoje seja algo fácil (acredite em mim, não é), mas sabemos o quão cheia de obstáculos foram as vidas de pessoas queers de gerações anteriores às nossas. O filme faz um bom trabalho em comparar o passado com o presente, as mudanças culturais para melhor e para pior, os elementos que se perderam no tempo, e não tem como não se emocionar ao pensar na fragilidade das coisas que nos mantêm vivos. A performance de Udo Kier, como sempre, é fenomenal, e se soma a isso o fato de que Kier, um ator gay de 77 anos, traz toda uma autenticidade à história que nos faz acreditar em cada uma das suas falas e em cada um dos seus olhares. O filme poderia ter uma direção mais polida em alguns momentos, mas isso não tira a magia de Swan Song, uma das melhores obras LGBTQIA+ dos últimos anos.

Nota 9!

No momento da publicação deste artigo, Swan Song ainda não está disponível nas plataformas oficiais de streaming ou de aluguel do Brasil. Se você se interessou pelo filme e quer conhecer mais sobre ele, incluindo outras opiniões, abaixo você encontra o link para o Letterboxd, uma rede social de pessoas que comentam todas as obras do mundo do cinema. Além disso, já que os filmes estão sempre mudando de streaming, você pode visitar o JustWatch, uma ferramenta que mostra a disponibilidade de filmes e séries em todas as plataformas de diversos países, para conferir de forma atualizada onde assisti-los! 🎥


Veja também:


Um comentário em “SWAN SONG – 2021

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site criado com WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: