SEARCH PARTY – 2016/22

Uma série de TV diferente de tudo que você já viu, Search Party mistura comédia e mistério. Mas não é o mesmo tipo de comédia com o qual estamos acostumados, nem o mesmo tipo de mistério. A série consegue causar um desconforto bom, se é que isso é possível, ao contar uma das histórias mais bizarramente absurdas e viciantes da TV nos últimos anos. E o seu maior mérito talvez seja reunir tantos sentimentos antagônicos numa mesma narrativa sem perder o magnetismo. A série criada por Sarah-Violet Bliss, Charles Rogers e Michael Showalter estreou em 2016 na rede de TV estadunidense TBS e depois de duas temporadas foi para a HBO Max. Ela conta a história de Dory (interpretada pela excelente Alia Shawkat) e seu grupo de amigos millennial que vivem suas vidas privilegiadas em Nova York, que inclui o seu namorado apático, Drew (vivido pelo ótimo John Reynolds); sua avoada melhor amiga e aspirante a atriz, Portia (interpretada por uma fabulosa Meredith Hagner); e o exibido e extravagante Elliot (vivido pelo maravilhoso John Early). A vida desse pacato grupo de amigos egocêntricos, contudo, está prestes a mudar, quando Dory descobre que uma de suas colegas da faculdade, Chantal (interpretada por Clare McNulty), está desaparecida, e ela encara como sua missão encontrá-la. Assim, os quatro embarcarão numa aventura cheia de mistérios inimagináveis que os transformarão para sempre.

Como já falei acima, Search Party é uma série única por trazer à tona sentimentos tão distintos e uma experiência particular, diferente de tudo que está na TV atualmente. É comum começar a assistir aos episódios da primeira temporada e se sentir confuso, sem saber o que pensar sobre a série e até mesmo detestando a maioria das personagens, porque eles geralmente são mesmo dignos de repúdio. Suas vidas perfeitas, porém estagnadas e sem motivação, acabam fazendo com que eles se metam em encrencas o tempo todo, mas são encrencas maravilhosas de se acompanhar. E cada temporada muda completamente o rumo dos acontecimentos, trazendo novas possibilidades e inclusive mudando o tom da série, o que é revigorante e muito bem-vindo, mesmo que isso cause um choque inicial que leva um tempo para ser absorvido. O texto é ridiculamente engraçado, mas o humor é ácido e segue caminhos inesperados e obscuros muitas vezes. As atuações são todas incríveis e a protagonista, Alia Shawkat, é surpreendente, melhorando a cada temporada! Outro ponto porte da série são os personagens secundários, todos muito cativantes. E não dá pra falar se Search Party sem falar das sua trilha sonora, a maioria composta de um synthpop alternativo perfeito que combina muito bem com a atmosfera sombria de suspense da história.

Nota 9!

No momento, as quatro temporadas de Search Party estão disponíveis para streaming na HBO Max e uma quinta temporada será lançada em 2022.


Veja também:

Um comentário em “SEARCH PARTY – 2016/22

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: