UM CLÁSSICO FILME DE TERROR – 2021

Lançado pela Netflix, o filme de terror italiano que tem como título Um Clássico Filme de Terror (no original Una classica storia dell’orrore e na versão em inglês A Classic Horror Story) é dirigido por Roberto De Feo e Paolo Strippoli, que também co-escrevem o roteiro justamente com um time de pessoas. O filme acompanha a história de Elisa, vivida por Matilda Lutz, uma jovem que acaba de descobrir estar grávida, mas não tem certeza de que quer ter o bebê. Ela pretende viajar para a casa dos pais e para isso encontra carona com mais um grupo de pessoas através de um aplicativo de celular que reúne viajantes indo para a mesma direção. Ela então conhece Fabrizio (Francesco Russo), dono de um motorhome que está oferecendo a carona, e os demais passageiros com quem ela fará a viagem: o casal prestes a se casar, Mark e Sofia (Will Merrick e Yuliia Sobol, respectivamente), além do médico Riccardo (Peppino Mazzotta). No caminho, contudo, o motorhome acaba batendo contra uma árvore na beira da pista ao desviar de um animal morto na estrada e os viajantes acabam perdendo a consciência. Assim que acordam, porém, eles se vêem perdidos num local misterioso e repleto de perigos por todos os lados.

Um Clássico Filme de Terror tem muito pouco de “clássico” em sua história. Ele é muito mais uma tentativa de terror folk, que se baseia em comunidades isoladas e crenças populares para criar uma atmosfera de paranoia e medo, muitas vezes devido ou próprio isolamento da região em questão, com algumas pitadas leves de tortura. Mas o filme não fica só nisso e tenta trazer todo tipo de referência possível, insistindo em narrativas muito usadas em outros filmes de forma muito mais eficiente e em comentários sobre cinema só para deixar claro que os criadores sabem brincar de metalinguagem. No fim das contas, tirando alguns bons momentos de sustos rápidos, o filme não aterroriza o suficiente, principalmente no terceiro ato, que começa a depender exclusivamente de reviravoltas, algumas mais cômicas do que assustadoras. A tentativa de criar dramas entre os personagens ou a própria história da gravidez da protagonista são pessimamente desenvolvidas e não conseguem convencer, e as atuações também são irregulares (salvo Matilda Lutz e Yuliia Sobol, que estão muito bem). Visualmente, no entanto, o filme consegue criar uma fotografia que lembra bastante os antigos filmes de terror italianos, com uma coloração pastel que deixa as imagens realmente mais envolventes e criam uma boa atmosfera. Porém, é aquele tipo de filme que, no film das contas, tenta demais ser muita coisa ao mesmo tempo, e a ambição acaba sendo muito grande para a capacidade dos envolvidos.

Nota 5!

No momento, Um Clássico Filme de Terror está disponível na Netflix.


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: