VEM COM O PAPAI – 2019

Com um título sugestivo e misterioso e com um poster cheio de estilo, Vem Com o Papai (Come to Daddy, no original em inglês) é um filme de suspense cômico com elementos de terror cheio de surpresas e reviravoltas dirigido por Ant Timpson e escrito por Toby Harvard. Ele conta a história de um jovem chamado Norval, interpretado por um sempre carismático Elijah Wood. Após receber uma carta do pai que não vê há anos, Norval vai fazer uma visita a casa dele, que fica numa região isolada do estado do Oregon, de de frente para o mar. Lá, pouco a pouco, o rapaz vai descobrindo a verdade sobre o passado sombrio de seu pai e perceber que pode ter se metido numa grande enrascada.

Mesmo que divertido e com cenas tensas, Vem Com o Papai tem diversos problemas que não me permitiram aproveitar o filme como eu gostaria. O visual é bacana e as atuações são sólidas, principalmente de Elijah Wood, que tem a melhor cara de jovem hipster assustado com tudo ao seu redor. Além dele, os atores Martin Donovan e Stephen McHattie que dividem várias cenas com Wood, também estão ótimos e entregam o máximo possível. Outro ponto alto do filme é o seu humor peculiar e super criativo, com piadas que fazem referências ótimas e certeiras à cultura pop atual, inclusive uma que envolve a Lorde que me matou de rir! E quem dera o filme se agarrasse nesse humor e mergulhasse fundo nele, mas não é isso que acontece, na maior parte do tempo, ele se leva muito a sério, mesmo com a história absurda que tenta sustentar.

Esse é outro ponto negativo do filme, ele se trata de um suspense cujo enredo envolve reviravoltas bizarras que precisar de sustentação quando você quer que as pessoas levem seu filme a sério. E isso não acontece com Vem Com o Papai. Não há um desenvolvimento dos personagens ou da história em si que fazem com que as decisões criativas do filme sejam plausíveis, e isso distrai e confunde o espectador. Sabemos que Norval não conhece seu pai, que ele atualmente está morando com sua mãe, e que ele está saindo de lutas relacionadas à dependência ao álcool, e só. O filme não constrói uma narrativa que nos ajude a lidar o que está por vir. Se o filme tivesse abraçado a comédia absurda que tenta emular em alguns momentos, seria com certeza um filme muito melhor! E a conclusão, então? Fraquíssima e anticlimática.

Nota 4!

Vem Com o Papai está disponível para streaming no Now e para aluguel no iTunes, Google Play, Microsoft Store e Looke (clique no JustWatch para saber mais).


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: