FRUITVALE STATION – 2013

Um poderoso filme do diretor Ryan Coogler (que anos depois viria a dirigir o surpreendente Pantera Negra), Fruitvale Station é uma biografia que narra a história real de Oscar Grant III, um jovem negro americano que foi morto por policiais em 2009, na madrugada de primeiro de janeiro, logo após a virada de ano. O papel de Oscar é interpretado por Michael B. Jordan, que na época ainda não era muito conhecido do grande público e teve a carreira alavancada por Fruitvale Station (que no Brasil o filme ganha o subtítulo “A Última Para”). Emocionante e delicado, o filme salta no tempo para mostrar diferentes fases da vida de Oscar, seu relacionamento com a namorada e a filha, e com a mãe (interpretada por uma sempre incrível Octavia Spencer) até a noite da sua trágica morte.

A estação Fruitvale que dá nome ao filme é a estação da cidade de Oakland, California, onde aconteceu o crime que tirou a vida de Oscar. Um dos maiores méritos de Coogler ao dirigir esse filme é a sensibilidade ao retratar a vida: é um “slice of life”, um recorte de diferentes momentos simples, mas ao mesmo tempo significativos da vida de um homem que teve sua história brutalmente interrompida. São momentos tão sutis que podem chegar a deixar o filme um pouco lento, mas mesmo assim nos mostram muito sobre a pessoa retratada ali. Michael B. Jordan está excelente no papel principal e fica claro ali que ele seria um ator a alcançar muito sucesso.

Nota 9!

Fruitvale Station está disponível para streaming no Amazon Prime Video e na Globoplay e para aluguel no Looke.


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: