PARASITA – 2019

Você ainda não viu Parasita? Calma, não vou te jugar! Mas a febre ao redor desse fabuloso filme sul-coreano foi grande, mesmo antes de ter levado o Oscar de Melhor Filme – o primeiro filme numa língua que não fosse o inglês a vencer a premiação máxima do cinema dos EUA (além de três outros prêmios: Melhor Direção, Melhor Filme Internacional e Melhor Roteiro original)! Mas toda essa febre em torno do filme tem razão de existir? Tem, sim! O filme do incrível cineasta sul-coreano Bong Joon-ho (que dirige e co-escreve o roteiro juntamente com Han Jin-won) é uma verdadeira aula de cinema! Ele acerta em todos ou detalhes, grandes e pequenos, e tem uma premissa super intrigante: o filho de uma família muito pobre da periferia de Seul (vivido por um excepcional Choi Woo-shik) começa a dar aulas particulates para a filha de uma família rica num bairro nobre da região e acaba tendo a ideia de como conseguir mais dinheiro através de uma série de “golpes” nessa mesma família. Seu plano é empregar sua irmã (vivida pela surpreendente Park So-dam), seu pai (vivido por um sempre incrível Song Kang-ho) e sua mãe (a maravilhosa Jang Hye-jin) como trabalhadores da família que, de tão rica, parece alheia ao mundo à sua volta. Parasita, como a maioria dos filmes, é melhor assistido do que explicado, então vou me segurar aqui e deixar que você saboreie o enredo com pouca informação preliminar.

Parasita, que no original em coreano de chama 기생충 (Gisaengchung) e na versão em inglês leva o nome de Parasite, é um filme que une uma mensagem excelente com uma execução perfeita, uma obra de arte incrivelmente bem elaborada que atinge níveis raramente vistos antes na história do cinema. É muito ressaltar que é magnífico o trabalho de toda a equipe por trás desse filme. Maravilhosamente filmado, fabulosamente editado e surpreendentemente dirigido, Parasita também reúne atores incríveis que entregam performances inesquecíveis em um filme cheio de humor, tensão e críticas sociais. É aquele tipo de história bem contada que aparece uma vez na vida e captura o zeitgeist, os espíritos dos nossos tempos, como nenhuma outra. E quem já conhece o trabalho do Bong Joon-ho, sabe que as suas obras são repletas de comentários sociais. Com Parasita não é nem um pouco diferente. O filme é justamente sobre a luta de classes, sobre a tentativa de sobreviver a qualquer custo num sistema que cria obstáculos para uma grande maioria enquanto favorece alguns poucos. E esse é o grande trunfo de Parasita, ele é um filme que entende o sistema e sabe que dentro deles somos todos peões, sem reducionismo. Uma das sequências do filme, no qual personagens caminham pela cidade sob uma forte chuva, é certamente um dos momentos mais marcantes da história do cinema mundial.

Nota 10!

Atualmente, esse novo clássico do cinema moderno está disponível no Telecine, Now, Google Play, iTunes e Looke.


Veja também:

Um comentário em “PARASITA – 2019

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: