RUPAUL’S DRAG RACE ALL STARS – 2012/22

O primeiro spin-off de um dos reality shows de maior sucesso da TV dos Estados Unidos, RuPaul’s Drag Race All Stars (que mantém o nome em português do Brasil) começou como ums experiência um pouco estranha, mas já na segunda temporada explodiu de popularidade e já está na sua sexta temporada, com a sétima estreiando nos próximos meses. Novamente comandado pela icônica drag queen RuPaul, o programa tem como objetivo buscar a mais nova drag queen e integrar o “hall da fama” do programa. O formato básico é o mesmo: a cada episódio, um grupo de participantes precisa passar por desafios que colocam seus talentos a prova. Esses desafios incluem elementos comuns da cultura drag dos Estados Unidos, como dança, atuação, improvisação, costura, dublagem, imitação e transformação com maquiagem, por exemplo. As drag queens participantes também precisam, em todo episódio, desfilar na passarela principal do programa com looks estonteantes, sejam eles produzidos no próprio programa ou previamente encomendados de estilistas. A cada episódio as drags são avaliadas por um corpo de jurados que inclui RuPaul e atualmente traz a cantora, atriz e apresentadora Michelle Visage, o designer, ator e apresentador Carson Kressley e o humorista e apresentador Ross Matthews, além de convidados especiais. O forma de pontuação ou de eliminação em cada um dos episódios é diferente em cada temporada, com a intenção de trazer novidades para a fórmula do programa.

RuPaul’s Drag Race All Stars, depois de uma fraquíssima primeira temporada onde as queens competiam em duplas, conseguiu se encontrar graças a uma nova dinâmica de eliminação: agora, as duas melhores drags dos desafios semanais de enfrentavam num lipsync para decidir a vencedora do episódio, que além de um prêmio, ganhava a chance de eliminar uma das piores queens do mesmo desafio. A escolha das melhores e piores queens de cada episódio ainda estava nas mãos de RuPaul e do corpo de jurados, ou seja, da produção do programa, mas agora eles poderiam se livrar da culpa das eliminações e trazer mais drama e polêmicas nas relações entre as participantes. O que fora uma novidade muito bem vinda na segunda temporada acabou se tornando um pouco cansativo na terceira e na quarta, servindo apenas para aumentar os momentos chocantes e reviravoltas na série. Mas o sentimento de que a melhor drag queen não vencia o programa começou a se tornar presente entre os fãs, o que resultou em ligeiras mudanças nas regras das temporadas 5 e 6. Finalmente, na sétima temporada, que trará pela primeira vez um elenco composto apenas por vencedoras do programa original, teremos uma mudança radical das regras que deve tirar a sensação de que muitas das queens mais talentosas deixam o programa antes da hora.

Nota 7!

No momento da publicação deste artigo, RuPaul’s Drag Race está disponível nas plataformas de streaming da Wow Presents Plus e algumas temporadas na Netflix do Brasil. Se você se interessou pelo filme e quer conhecer mais sobre ele, incluindo outras opiniões, abaixo você encontra o link para o TV Time, uma rede social de pessoas que comentam todas as obras do mundo do cinema. Além disso, já que os filmes estão sempre mudando de streaming, você pode visitar o JustWatch, uma ferramenta que mostra a disponibilidade de filmes e séries em todas as plataformas de diversos países, para conferir de forma atualizada onde assisti-los! 🎥


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: