MÃES DE VERDADE – 2020

O mais recente filme da aclamada diretora japonesa Naomi Kawase é um ótimo drama sobre família. Mães de Verdade (que no original em japonês se chama 朝が来る/Asa ga Kuru, que significa “a manhã vem” e na versão em inglês leva o nome True Mothers) conta a intricada história de um casal, Satoko (vivida por Hiromi Nagasaku) e Kiyokazu (interpretado por Arata Iura), que tenta ter um filho, mas descobre que tem problemas de fertilidade. Depois de muita reflexão, o casal decide adotar uma criança através de uma empresa que conecta casais em busca de um filho com mulheres grávidas que não possuem condições de criar um bebê e decidem doá-lo para adoção, e assim o pequeno Asato passa a fazer parte da família. Alguns anos depois, Satoko e Kiyokazu são surpreendidos com a ligação de uma mulher (vivida por Aju Makita) que se diz ser a verdadeira mãe de Asato, o que acaba trazendo consequências drásticas para todos os envolvidos. O filme conta ainda com a espetacular atriz veterana Miyoko Asada no papel da fundadora da Baby Baton, a empresa de adoção procurada por Satoko e Kiyokazu.

A história de Mães de Verdade não é a maios original e inovadora de todos os tempos, pelo contrário, é um drama sobre família e relações humanas que até certo ponto é relativamente previsível. O filme inclusive lembra bastante outra obra recente do cinema japonês, o também maravilhoso Pais e Filhos de 2013, do incrível diretor Hirokazu Koreeda. O que realmente encanta em Mães de Verdade é a forma como a qual a história é contada. Através de flashbacks, o filme volta no tempo para mostrar o processo de adoção do casal protagonista e faz o mesmo caminho ao contar a história da suposta mãe biológica de Asato, criando um paralelo importante que nos faz mergulhas de cabeça nas vidas das personagens e entender suas motivações. Talvez por isso o filme tenha quase duas horas e meia de duração, o que o torna um pouco cansativo (com cenas que poderiam facilmente ser descartadas), mas não o deixa menos envolvente. Além de tudo, talvez os maiores méritos do filme sejam a direção cuidadosa, a fotografia belíssima e a edição harmoniosa que criam uma composição visualmente impressionante. As atuações também merecem elogios, todos estão muito bem, mas eu diria que, mesmo num papel secundário, Miyoko Asada rouba a cena e entrega uma performance inesquecível.

Nota 9!

Mães de Verdade ainda não está disponível em plataformas oficiais de streaming ou de aluguel do Brasil.


Veja também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: